Agentes de Endemias recebem capacitação contra Calazar

Os agentes de endemias participaram de uma capacitação sobre Calazar, realizada no município de Coité do Nóia. O curso teve o objetivo de atualizar o conhecimento dos servidores sobre as formas de prevenção da doença.

Durante o encontro, os agentes receberam informações sobre as formas de identificação e prevenção do inseto transmissor (Flebotomínio, mais conhecido como mosquito palha), contaminação e sintomas da doença no homem e em cães, que são os principais hospedeiros da doença em área urbana. Em seguida, eles participaram de oficinas práticas para conhecimento do inseto, informações sobre a realização do teste rápido de identificação da doença em cães e formas de prevenção.

Para a secretária de saúde, Maria Vieira, o investimento na capacitação dos funcionários é de suma importância. “É importante que os agentes, que entram frequentemente na casa das pessoas, estejam preparados para identificar os possíveis casos e conscientizar os moradores, contribuindo para a diminuição dos casos da doença. Com uma gota de sangue da orelha do cachorro, é possível fazer o exame que dá o diagnóstico da doença em até 15 minutos. A prevenção é a forma mais eficaz de combate”, concluiu.

Fechar Menu
Close This Panel